Grêmio mira fim da crise e tem ‘guerra’ no interior com Felipão na berlinda

postado em: Notícias | 0

As duas derrotas em série abriram uma forte crise no Grêmio. Felipão, que abandonou o time antes do fim do último jogo, vê sua imagem de ídolo arranhada e está na berlinda. Um novo infortúnio pode simbolizar a demissão. E nesta quarta-feira (18), o clima será de 'guerra'. No Vermelhão da Serra, diante do Passo Fundo, pela sexta rodada do Gauchão, ou o Tricolor vence ou se afunda de vez na depressão apresentada no início deste ano. 

Fora da zona de classificação para próxima fase do Estadual, com três derrotas em cinco jogos, o Grêmio não tem nada a comemorar. O técnico Luiz Felipe Scolari, depois de fugir da área técnica sem ver o encerramento da última queda, para o Veranópolis, na Arena, avaliou o momento como 'feio, horroroso, horrível'.
 
E as palavras dele foram adiante. Disse que os jogadores não estavam fazendo o que era planejado nos treinos, expondo o elenco. E assim ampliou a tensão interna no clube. Há quem diga que ele perdeu o comando, há, nos bastidores, quem acredite que o melhor seja sua saída. Mas por enquanto o presidente Romildo Bolzan Júnior prefere não dar ouvidos a essas pessoas e mantém o discurso que afirma a permanência de Scolari enquanto o treinador assim quiser. 
 
Só que uma terceira derrota pode mudar os planos. O vice de futebol Fábio Koff volta do período afastado exatamente nesta quarta e antes mesmo do anúncio de contratações [que deve ocorrer entre quinta e sexta] irá conversar com os jogadores e a comissão técnica. Algo precisa ser feito. 
 
A evidente crise gremista acarreta também uma série de mudanças na equipe. Felipão voltará a usar dois centroavantes e promoveu as entradas de Everaldo e Araújo na equipe. 
 
"Todo jogo é importante, independente do adversário. Claro que estamos fora da zona de classificação e um time como o Grêmio não pode ficar fora dessa área no Gauchão. É como eu disse. Amanhã será uma guerra, como todo jogo é, mas será nossa retomada no campeonato e precisamos da vitória", afirmou Everaldo. 
 
Adversário invicto em casa
 
Não é simples imaginar vitória sobre o Passo Fundo no estádio Vermelhão da Serra. A equipe comandada pelo técnico  Beto Campos esta invicta como mandante. Venceu o Ypiranga e empatou com o Caxias. No entanto o retrospecto não é o mesmo atuando como visitante. Nos dois últimos jogos, derrotas para Lajeadense e São José. Com um jogo a menos, a equipe soma quatro pontos e aparece em 12º. 
 
A única alteração possível em relação a última partida, derrota por 3 a 0 para o Lajeadense, é a entrada de Felipe Klein na vaga de Chiquinho. 
 
FICHA TÉCNICA
PASSO FUNDO X GRÊMIO
 
Data e hora: 18/02/2015 (quarta-feira), às 22h (horário de  Brasília)
Local: estádio Vermelhão da Serra, em Passo Fundo (RS)
Transmissão na TV: RBS TV e PPV
Árbitro: Francisco Silva Neto
Auxiliares: José Javel Silveira e Elio Nepumoceno
 
PASSO FUNDO: Vanderlei; Henrique Choco, Márcio Nunes,Gustavo e Xaro; Rudiero, Carlos Eduardo, Souza e Chiquinho (Felipe Klein); Branquinho e Michel.
Técnico: Beto Campos
 
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Erazo, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Walace, Araújo, Fellipe Bastos e Douglas; Everaldo e Lucas Coelho. 
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 6 =