Novo argentino do Inter mora em hotel, fala português e é aposta de Aguirre

postado em: Notícias | 0

Há 10 dias como jogador do Internacional, Lisandro López já encantou nos treinos, estreou sem marcar, mas segue sendo aposta do técnico Diego Aguirre. Indicado para ser o centroavante que falta ao Colorado na temporada, o argentino vive uma rotina peculiar: segue instalado no hotel que o recebeu logo após desembarque do Qatar. Fala português fluentemente, tem uma relação próxima com a comissão técnica, mas também já ganhou a bênção do compatriota D'Alessandro.

A estadia no hotel, que serve de concentração para o Colorado antes dos jogos no Beira-Rio, se justifica pelo tempo de contrato. Vinculado ao Inter por quatro meses, Lisandro López não se deu o direito de procurar casa para residir em Porto Alegre. Ainda. Em caso de avanço do Inter para as oitavas de final da Libertadores, o tempo do documento é automaticamente ampliado para dois anos – com direito a reajuste salarial. E aí sim um novo endereço será dado ao gringo que começou no Racing Club de Avellaneda.

Se o camisa 31, com passagem pelo Porto e Lyon, está alojado temporariamente, a aceitação no elenco já é definitiva. Antes mesmo que pisar em Porto Alegre, após obter rescisão junto ao Al-Gharafa, Lisandro López já havia falado com D'Alessandro – capitão do time e espécie de cicerone dos reforços, especialmente os estrangeiros. Foi no camarote do camisa 10 que o atacante assistiu o clássico Gre-Nal do último dia 1º, por exemplo.

De paletó em sua apresentação oficial como jogador do Inter, Lisandro deu um cartão de visitas sobre sua conduta. Leva ao pé da letra a condição de profissional do futebol, com cuidado acerca da forma física e comunicação. Prova é que o período de treinamento, mesmo vindo do Qatar, foi curto até incorporação junto ao elenco principal. Além do português fluente, herança dos tempos de Porto.

"Vou tentar falar português. Mas tem umas palavras que não lembro, peço desculpa", disse com um sotaque que flerta com o carioca, mas distingue bem acentos e artigos. A pronúncia sem o castelhano impregnado em algumas frases surpreendeu funcionários do Inter. Assim como foi surpresa a desenvoltura nos treinos. "Ele é um cara diferenciado, sabe fazer gols", elogiou o jovem Alisson Farias. "Ele sai muito do chão, joguei com ele no Porto. É semelhante ao Falcão (Garcia, hoje no Manchester United), são quase a mesma coisa", comparou Anderson. "É um jogador espetacular", apontou Réver.

Espetacular ou não, Lisandro López é a grande aposta de Diego Aguirre no Beira-Rio. Se Nico Freitas foi indicado assim como o centroavante, tem a seu favor o ritmo de jogo. O argentino, 32 anos, tem quatro meses para provar que o período no Qatar não arrefeceram o seu faro de gols. E corresponder aos elogios e ao técnico, que bancou seu nome como candidato a herói na Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 2 =