JBS compra operação de aves da Tyson Foods no Brasil e no México

postado em: Notícias | 0

A JBS S.A. comprou, em conjunto com sua subsidiária Pilgrim's Pride, as operações de aves da Tyson Foods no México e no Brasil. A operação no México será adquirida pela Pilgrim's, cujo acionista majoritário é a JBS USA, subsidiária integral da JBS S.A., enquanto a operação no Brasil será adquirida pela JBS Foods, subsidiária integral da JBS S.A.

Em comunicado ao mercado, a companhia informou que serão pagos US$ 575 milhões pela aquisição, dos quais US$ 400 milhões correspondem à operação no México e US$ 175 milhões corresponde ao valor das operações no Brasil. Ambas as transações serão pagas em dinheiro e estão sujeitas às aprovações das autoridades regulatórias competentes.

A operação mexicana, que leva o nome Tyson de México, é verticalmente integrada e tem sede há mais de 20 anos em Gomez Palacio, região Norte do México, diz o comunicado. A Tyson de México conta com três unidades de processamento e emprega mais de 5,4 mil colaboradores, distribuídos nas unidades de processamento, escritório e em sete centros de distribuição. Também de acordo com o comunicado, a Pilgrim's Pride diz que a operação gerará uma receita incremental anual de aproximadamente US$ 650 milhões.

Já a aquisição no Brasil envolve três unidades de processamento completamente integradas, sendo duas em Santa Catarina e uma no Paraná. A Tyson do Brasil, fundada em 2008, emprega 5 mil colaboradores. A administração da companhia espera que a operação gere receitas anuais de cerca de US$ 350 milhões no Brasil para a JBS Foods.

“Ao concluir a transação, a JBS e Pilgrim's esperam manter as operações funcionando com a capacidade necessária para conservar a mão de obra empregada, preservando os contratos trabalhistas em ambos os países”, conclui o comunicado.

Vale lembrar que a JBS e a Tyson foram protagonistas no mês passado de uma forte disputa pela compra da americana Hillshire Brands. No final de quatro ofertas, a Tyson Foods venceu a disputa e pagou US$ 63 por ação da Hillshire, o que equivale a cerca de US$ 8,5 bilhões.

Fonte:  Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + quatro =