Grêmio trata vaga na Libertadores como vital para suas finanças em 2015

postado em: Notícias | 0

O Grêmio tem um motivo a mais para tentar dar uma arrancada final neste Campeonato Brasileiro. Sexto colocado, três pontos atrás do Atlético-MG e do G-4, o time gaúcho passa a perseguir uma vaga na Libertadores também pelos reflexos financeiros. A presença no torneio continental é tratada como vital para as finanças do clube e para auxiliar na aquisição do direito de superfície da Arena.

A conta do Grêmio, resumidamente, atrela a vaga na Libertadores ao movimento maior de torcedores. Com uma motivação extra, o ano de 2015 pode iniciar com incremento no quadro social, boas receitas em partidas no novo estádio e alívio nos caixas que terão de arcar com uma quantia pesada no acordo para compra da gestão da Arena.

"É algo fundamental, ajuda no processo de empatia da torcida com o time. A presença na Libertadores ajudaria a gerar renda na Arena, auxiliando no processo de pagamento do estádio também. Aumento de torcedores no quadro social, lotação maior da Arena, receitas oriundas disto tudo", aponta Romildo Bolzan Jr, presidente eleito do Grêmio para o biênio 2015/2016.

No acordo costurado pelo atual presidente Fábio Koff, ao longo de 20 meses, o Grêmio se comprometeu a pagar R$ 24 milhões por ano a construtora OAS. Esta quantia será diluída em mensalidades ao longo de seis anos. Nos 14 anos seguintes, o valor cai e torna mais fácil a quitação.

Mas a tarefa do Grêmio para carimbar seu passaporte como participante da Libertadores de 2015 não é fácil. Atualmente, o time comandado por Luiz Felipe Scolari tem apenas 10,8% de chances de terminar o Brasileirão entre os quatro primeiros, de acordo com o site Chance de Gol. E ainda encara Figueirense, Coritiba, Vitória, Inter, Criciúma, Cruzeiro, Corinthians, Bahia e Flamengo.

"Isso será muito interessante para o ano que vem, a base do time é boa e o professor também vai ficar. É algo legal no futebol. Estamos bem esperançosos para conseguir grandes títulos no ano que vem e isso também passa pela chance de jogar a Libertadores", comentou o goleiro Marcelo Grohe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 7 =