Consultorias listam profissionais que serão mais demandados em 2015

postado em: Notícias | 0

O Brasil está em período de baixo crescimento, entretanto, ainda há áreas profissionais que estarão aquecidas em 2015, algumas até mesmo por conta desse momento econômico do país. Saber quais são esses setores pode facilitar na busca por um emprego. Segundo duas consultorias de RH, a Catho e Cia de Talentos, profissionais de recursos humanos e agrobusiness, além de setores que podem otimizar os recursos das empresas, estarão entre os mais procurados pelas corporações.

“Houve um período de grandes contratações de pessoal, algumas delas até por salários irreais. Por isso, agora, durante esse período de desaceleração, os empregadores estão procurando especialistas em RH que possam gerenciar melhor a remuneração e os benefícios dos funcionários e ainda melhorar as admissões futuras”, explica Maíra Habimorad, CEO da Cia de Talentos. A consultoria fez um levantamento ouvindo 65 empresas clientes, de diversos segmentos, como indústria, serviços e instituições financeiras, que já fizeram o planejamento de contratações de profissionais para 2015.

Já para Luis Testa, diretor-responsável de Estratégia da Catho, o aumento de 375% constatado pela empresa na procura por profissionais de recursos humanos, entre 2013 e 2014, manterá a tendência neste ano por estar associado ao desafio das companhias em construir uma equipe. “Esse segmento vem crescendo de maneira consistente. Atração e retenção de talentos é um tema estratégico para as companhias de todos os portes no Brasil hoje em dia.”

Outras áreas

Além de Recursos Humanos, a Catho considera que outras áreas, que tiveram grande crescimento no ano passado, devem permanecer aquecidas em 2015, como agropecuária, agrobusiness e veterinária.

“Nesses setores, conhecidos por serem muito mecanizados, não estamos falando do volume, mas do crescimento de contratações, que foi 153% em 2014,”, diz Testa. O diretor-responsável de estratégia da Catho ainda lembra que, apesar da expectativa de crescimento do PIB brasileiro em 2015 ser de 0,2%, o do agrobusiness é de 1,4%.

Para a Cia de Talentos, os setores mais valorizados serão aqueles que podem gerar maior faturamento e rentabilidade e, por outro lado, otimizar recursos, evitar o desperdício e fazer mais por menos. Entre estes estão as áreas de finanças, controladoria, tributária, logística, compras, jurídica, marketing, inteligência de mercados, tecnologia, projetos, vendas e novos negócios.

“Por exemplo, gerentes de planejamento tributário serão especialmente necessários, por que o governo aumentou os impostos. Significa que as empresas precisam de especialistas nessa área para otimizar recursos. Todos os setores relativos a compras serão valorizados. Há muitas companhias que aumentaram de tamanho e ainda não estruturaram essa área e vão ter que fazer agora. O PIB está tímido. E as demais empresas terão de comprar mais por menos, otimizar ao máximo os custos.”, afirma Maíra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + dezessete =