Ida de Rhodolfo à Inter de Milão pode levar uruguaio e argentino ao Grêmio

postado em: Notícias | 0

O Grêmio aguarda uma movimentação nova da Inter de Milão sobre o zagueiro Rhodolfo. Enquanto a mídia italiana noticia que o clube está 'unindo verba' para oferecer uma proposta final pelo zagueiro, o Tricolor tem em mente o que pode pedir na negociação. Os meias Diego Laxalt e Ruben Botta são monitorados pelo clube gaúcho há bastante tempo, pertencem a Inter, estão emprestados e podem virar alternativa na transação. 

O uruguaio Laxalt tem 21 anos e está cedido ao Empoli até junho com cláusula de compra. Sua carreira começou no Defensor Sporting, em seguida ele foi comprado pela Inter e emprestado ao Bologna e agora ao Empoli. Ainda tem na carreira passagem pela seleção Sub-21 do Uruguai. 
 
Já o argentino Ruben Botta, de 24 anos, se destacou pelo Tigre. Posteriormente foi comprado pela Inter e cedido ao Chievo Verona. Seu empréstimo não tem previsão de compra ao fim do período e também dura até junho. 
 
A direção da Inter de Milão, no entanto, não terá facilidade em quebrar os contratos de empréstimo. Ambos atuam regularmente nos clubes em que estão. Para chegada ao Brasil seria necessário um acordo envolvendo ainda outras partes. E o tempo é curto, já que no dia 2 de fevereiro encerra-se a janela de transferências. 
 
"Se a Inter quer comprar o Rhodolfo, eles precisam fazer uma movimentação para isso. Uma proposta oficial, para seguirmos a negociação. O que temos são jogadores monitorados pelo Grêmio, que pertencem a Inter e estão sendo emprestados a outros clubes. Mas não houve esta situação. Não houve nova proposta ou avanço sobre isso", garantiu o diretor executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, ao UOL Esporte. 
 
Os moldes das chegadas ou da saída de Rhodolfo ainda precisariam ser debatidos. O zagueiro de 28 anos é titular do Grêmio, já disputou 73 jogos com a camisa tricolor e marcou dois gols. Seu contrato vai até dezembro de 2017. 
 
"O Rhodolfo está muito feliz no Grêmio, tem um ótimo contrato no clube, é titular do time. Agora, se a Inter de Milão apresentar uma nova proposta, diferente da primeira que foi apresentada que não estava dentro do que o Grêmio pretendia, vamos analisar", explicou Rui. 
 
Mas perder um defensor não deixaria o Grêmio com grande problema. A chegada de Erazo e a perspectiva de retorno de Pedro Geromel deixam o time gaúcho tranquilo para posição. Até a total recuperação de Geromel, Gabriel Silva poderia atuar no setor. Rafael Thyere e a improvisação de Marcelo Oliveira também são alternativas interessantes. 
 
Botta e Laxalt são meias e poderiam compor um setor que ainda passa por dificuldades no Grêmio. Com Giuliano lesionado, Felipão tem testado várias alternativas. Luan, Lincoln e Galhardo improvisado já trabalharam nesta região do campo, mas ainda sem consolidarem titularidade. 
 
Enquanto isso, a Inter também trabalha com alternativas para um eventual insucesso com Rhodolfo. O croata Domagoj Vida, do Dínamo de Kiev, é a terceira opção do clube, que antes de Rhodolfo não foi feliz na investida pelo colombiano Murillo, do Granada. 
 
Até agora, o Grêmio contratou quatro jogadores para temporada 2015. Douglas, Marcelo Oliveira, Rafael Galhardo e Erazo foram apresentados e treinam visando o início das competições oficiais, que está marcado para o próximo sábado (31), às 17h (horário de Brasília), contra o União Frederiquense, na Arena. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + doze =