BRF registra lucro de R$ 991 milhões no 4T e duplica lucro de 2014

postado em: Notícias | 0

A BRF registrou lucro líquido de R$ 991 milhões no quatro trimestre de 2014, um aumento de 334,9% ante o mesmo período do ano anterior, enquanto seu lucro líquido para 2014 mais que dobrou e atingiu R$ 2,2 bilhões, incremento de 109,4% ante 2013, relatou a companhia na noite de quinta-feira (26).

A receita operacional líquida do 4T atingiu R$ 8 bilhões, alta de 6,8% em relação ao 4T de 2013, com contribuição positiva de todas as unidades de negócio, informou a BRF em nota ao mercado. Os destaques foram o crescimento de volumes no Brasil e na área de food service, além da melhoria dos preços médios no mercado internacional.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, ou Ebitda, chegou a R$ 4,9 bilhões, um crescimento de 56,4% em relação a 2013. A receita operacional líquida para o ano inteiro registrou R$ 31,7 bilhões, 4% maior. O desempenho foi impulsionado pelos resultados positivos no mercado internacional, crescimento dos pontos de venda no Brasil e pela maior qualidade no atendimento, destacou a companhia.

A BRF também reduziu seu endividamento em 2014, fechando o ano com uma relação da dívida líquida sobre Ebitda (últimos 12 meses) de 1,04 vez ante 2,17 vezes no 4T de 2013.

A receita operacional líquida para 2014 no Brasil atingiu R$ 13,9 bilhões, aumento de 6,8% se comparada ao ano anterior. O Ebit no Brasil atingiu R$ 1,8 bilhão, um crescimento de 39,5% em relação a 2013.

O processo de Go-to-Market (GTM), consolidado em maio, melhorou a relação com o pequeno varejo e possibilitou crescimento gradual nos volumes, eliminação de redundâncias e melhoria na produtividade. Investimentos em sistemas, TI e treinamento de pessoal permitiram incrementar as vendas e a eficiência da empresa, e a eliminação de 35% dos itens (SKUs) resultou em redução de custos, notou a companhia.

A receita internacional da BRF chegou a R$ 13,3 bilhões em 2014, crescimento de 1,5% na comparação com o ano anterior. Para priorizar a rentabilidade, a companhia reduziu volumes (queda de 12,3% em relação a 2013), ação compensada pela alta dos preços médios, tanto em reais (+15,7%) quanto em dólares (+6,2%).

Para o negócio de food service, a receita de 2014 cresceu 8,8%, para R$ 1,7 bilhão. Os volumes cresceram 9,7% no ano, enquanto os preços médios se mantiveram praticamente estáveis (-0,8%).

Um aumento de vendas para as redes de fast food, cozinhas industriais e pequenos negócios espalhados pelo país marcou o ano para essa divisão, notou a BRF. "O mercado passa por um movimento de regulamentação de negócios informais e surgimento de redes de restaurantes mais estruturadas, gerando mais uma oportunidade de expansão para este segmento em 2015", explicou a empresa.

Ao longo do ano passado, a BRF vendeu o negócio de lácteos para a Lactalis (por R$ 1,8 bilhão) e realizou uma parceria estratégica com a Minerva Foods para absorver as plantas de abate de bovinos da BRF em troca de uma participação acionária na empresa, o que ajudou a BRF a focar mais na sua vocação, relatou a companhia.

Em 2014, a empresa finalizou a compra de três dos distribuidores da empresa no Oriente Médio: Federal Foods, nos Emirados Árabes Unidos; Al Khan Foods (AKF), em Omã; e Alyasra, no Kuwait. Foi inaugurada a planta de processados em Abu Dhabi, com capacidade de produzir até 70 mil toneladas por ano, que reforçou o portfólio da BRF para atuar em regiões como Sul e Sudeste Asiáticos, Oriente Médio e África. A empresa também anunciou a criação de uma joint venture com a PT Indofood, que irá explorar o negócio de aves e alimentos processados na Indonésia.

Fonte:  CarneTec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 13 =