4º Fórum de Agricultura da América do Sul debate mercado chinês

postado em: Notícias | 0

Entre os palestrantes confirmados para a edição 2016 do evento está o diretor da esmagadora chinesa Hopefull Group, Tom Lin Tan, que irá participar da conferência “China: a nova era do livre mercado”. Com o tema “Uma nova estratégia, para uma nova agricultura”, o Fórum de Agricultura da América do Sul volta ao Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, para discutir as transformações do agronegócio e o papel da região no cenário mundial. A 4ª edição do evento ocorre nos dias 25 e 26 de agosto e abordará temas transversais como macroeconomia e logística.

Lin Tan vai abordar o fim da regulamentação do mercado doméstico de milho da China, anunciado no início deste ano. Em março, o governo deixou de comprar o cereal para abastecer estoques estatais e, consequentemente, de controlar os preços. “Essa desregulamentação deve reconfigurar o mercado global do agronegócio e ter impacto no comércio da América do Sul, principal fornecedora de grãos do mundo”, destaca o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador do evento, Giovani Ferreira.

A programação do 4º Fórum de Agricultura da América do Sul, composta por 14 grandes conferências, e outros detalhes do evento estão disponíveis em www.agrooutlook.com.br . No portal, é possível fazer o download gratuito do relatório da edição 2015, que contou com a participação de mais de 30 especialistas e 400 inscritos de 10 países do mundo, além de representantes de governos, da iniciativa privada e de entidades do setor. 

Sobre o Fórum de Agricultura da América do Sul

O 4º Fórum de Agricultura da América do Sul (Agricultural Outlook Forum 2016) é uma iniciativa do Núcleo de Agronegócio da Gazeta do Povo (AgroGP), plataforma de conteúdo do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCom), sediado em Curitiba, no Paraná, Região Sul do Brasil. O projeto piloto do Fórum foi realizado em 2013 e levou para Foz do Iguaçu mais de 500 participantes para discutir os desafios e oportunidades do novo ciclo de expansão da produção mundial de grãos.  Em 2014, a partir do tema “Inovação e Sustentabilidade no Campo”, os debates passaram a discutir a América do Sul enquanto bloco, apontando caminhos para manter a competitividade em um mundo globalizado e fortalecer o posicionamento da região como o grande player do lado da oferta. Em 2015, o evento levou o agronegócio para o Museu Oscar Niemayer, em Curitiba.

 

Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 3 =