Desafios para suínos e aves no Rio Grande do Sul

postado em: Notícias | 0

A nova chefe-geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella, que assumiu o cargo há pouco mais de um mês, esteve hoje em visita ao Fundesa. A dirigente comentou sobre o modelo de organização que está sendo utilizado na unidade, com a divisão de trabalho em núcleos temáticos de produção, sanidade e meio ambiente.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, apresentou à Zanella alguns desafios para o setor de suínos e aves – cadeias que integram o Fundo juntamente com gado de corte e leite – entre eles o início das discussões sobre o Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que trata sobre a logística reversa de embalagens de diversas cadeias produtivas. Foi proposta a criação de um grupo de estudos, envolvendo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, para a elaboração de um projeto pioneiro de sistematização de informações, com a coordenação da Embrapa.

Kerber também entregou o Guia de Recomendações Básicas de Sustentabilidade Ambiental na Produção de Suínos, que foi elaborado com a colaboração de pesquisadores da unidade e um DVD com o vídeo sobre o panorama da suinocultura no Rio Grande do Sul.

Também participaram da reunião a representante do setor de suínos da Secretaria da Agricultura, médica veterinária Ildara Vargas, do setor de aves, médico veterinário Flávio Loureiro, o pesquisador do Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor, Alexandre Braga, o diretor da ACSURS, Fernando Gimenez e o diretor da Asgav, José Eduardo Santos.

Fonte:  Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + catorze =