Sem crise: Inter ignora resultados recentes e não cogita troca de técnico

postado em: Notícias | 0

O Internacional foi eliminado da Copa do Brasil para o Ceará, caiu da Sul-Americana derrotado pelo Bahia e neste domingo perdeu a terceira partida seguida em casa no Brasileiro. Crise? Nada disso. A direção do clube gaúcho ignora os maus resultados recentes e garante estabilidade para o trabalho do técnico Abel Braga.



"Não temos pacto com ninguém, mas estamos em terceiro, com perspectiva de melhora. Entendemos, apesar das cobranças, que devemos manter a comissão técnica. Independente do resultado do próximo jogo", afirmou o presidente Giovanni Luigi, à Rádio Bandeirantes, na tarde de segunda-feira.



Abel foi vaiado pela torcida após a derrota em casa para o Figueirense, no domingo. O Internacional vencia por 2 a 0, mas cedeu a virada. De qualquer forma, a crise não está no Beira-Rio. Pelo menos na avaliação da direção do clube.



"Temos uma campanha boa. Podemos melhorar, é claro. Ontem [domingo] tivemos um jogo atípico, que não mostra a realidade do nosso grupo. Podemos reverter isso imediatamente", garante o presidente.



Com Abel Braga no comando, o Inter conquistou o Campeonato Gaúcho no primeiro semestre vencendo duas vezes o rival, Grêmio, sendo a última partida com direito a goleada por 4 a 1. Em seguida, o time vermelho começou bem o Brasileirão, chegou a liderar a competição em alguns momentos, mas agora vive momento de queda. Tanto que perdeu a segunda posição para o São Paulo e viu o líder Cruzeiro abrir 9 pontos de vantagem.



A pressão inexiste, na avaliação interna do clube. Abel está seguro no cargo e nem mesmo se ocorrer um infortúnio na próxima quarta-feira, contra o Vitória, em Salvador, às 22h, poderá mudar o quadro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =