Ele não segue no Vasco nem volta ao Grêmio. Para onde vai Kleber Gladiador?

postado em: Notícias | 0
Kleber Gladiador não tem futuro definido. O atacante de 31 anos não seguirá no Vasco e tratou de se despedir após marcar o gol no empate em 1 a 1 com ABC que culminou na volta do time carioca à Série A do futebol Brasileiro. Mas também não voltará ao Grêmio, clube com o qual tem contrato até 2016, por conta da má relação com Felipão. Sem certezas, o jogador vai para as férias com possibilidades até de deixar o Brasil e por enquanto sabe mais onde não irá jogar do que onde irá. 
 
No Vasco o rendimento não foi ruim. Kleber teve conseguiu uma sequência de partidas, disputou 27 jogos e marcou seis gols. Foi titular do time durante toda sua passagem pelo clube do Rio de Janeiro e marcou o importante gol que significou o retorno à elite. 
 
A decisão de não permanecer e cumprir os seis meses de contrato de empréstimo que ainda havia partiu de um acordo entre o jogador e a direção do clube. Ambos os lados definiram que o melhor era romper a ligação. 
 
De cara, o retorno para o Grêmio seria alternativa. Não fosse Felipão. Em 2011, ele deixou o Palmeiras disparando contra o treinador. Foi a um programa de televisão e não escondeu uma vírgula de seu descontentamento. Disse que 90% do elenco não gostava de Scolari e que o treinador desmoralizava os jogadores. 
 
"Tenho mensagens no celular aqui e posso garantir que 80% do grupo não gosta do Felipão e 90% dos funcionários do Palmeiras não se dão bem com ele", revelou. "Uma vez ele disse pra gente: 'não tenho culpa se peço o Sheik e me trazem o Ricardo Bueno' Disse isso na frente do jogador. Cara louco de dizer isso, desmoraliza", acrescentou na época. 
 
O reencontro não é algo planejado. Mesmo que a direção do Grêmio não seja definitiva quanto ao futuro do Gladiador, o jogador dificilmente teria ambiente para ser comandado pelo ex-técnico da seleção. 
 
"Ele está de férias, e, inicialmente, se reapresenta com os demais jogadores. Nem ele [Kleber] nem o Felipão [técnico do Grêmio] nunca me disseram nada a respeito disso [do desentendimento de 2011]. Não vou comentar sobre algo que não me diz respeito. O que posso dizer é que ele é jogador do Grêmio e até que surja qualquer novidade se reapresenta com os demais jogadores", disse o diretor executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, ao UOL Esporte. 
 
Um empecilho para saíra é o alto salário. Kleber ganha cerca de R$ 500 mil mensais no clube gaúcho. No Vasco, tinha parte dos salários pagos pelo Grêmio. Um eventual empréstimo teria que ser nos mesmos moldes. 
 
Mas o que se apresenta ao Gladiador não indica isso. Há clubes do exterior interessados na contratação dele. O mercado asiático parece interessante para deixar o país sete anos depois do regresso da Ucrânia. Na última semana, o Atlético-MG também surgiu como interessado, mas nenhuma proposta oficial foi oferecida ao Grêmio. 
 
Contratado no fim de 2011, Kleber passou a atuar pelo Grêmio em 2012 e logo que chegou foi muito bem. Começou a temporada marcando muitos gols mas ainda no Estadual sofreu uma fratura no tornozelo. Precisou passar por cirurgia e o regresso aconteceu antecipadamente. Desde então, o jogador conviveu com alguns problemas de lesão. No ano passado, conseguiu novamente se firmar no time titular e foi importante na campanha do vice-campeonato. Neste ano, foi um dos destaques da pré-temporada e tinha tudo para deslanchar não fosse novamente um quadro de lesão que impediu sequência. Pelo clube gaúcho foram, ao todo, 105 jogos e 23 gols. 
 
Por enquanto, Kleber não tem garantia sobre 2015. O jogador, até segunda ordem, se reapresentará com os jogadores do Grêmio no dia 8 de janeiro de 2015. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 18 =