Inter só vai anunciar reforços em janeiro. E pode ter ‘pacotão’

postado em: Notícias | 0

O Internacional só vai anunciar as suas contratações para 2015 depois da virada do ano. A postura é uma mistura de negócios ainda em andamento com a política do clube, que já teve eleição, mas ainda não conta com o novo presidente empossado. A diretoria liderada por Vitório Piffero assume oficialmente o Colorado em 5 de janeiro e até lá, não pretende confirmar nenhum reforço para a disputa da Libertadores. O acúmulo das confirmações pode gerar um 'pacotão' nos primeiros dias do novo ano.

Desde o final do Brasileirão, o Inter teve uma enxurrada de nomes especulados e nenhum efetivamente contratado. O mais perto de assinar é De Arrascaeta, meia uruguaio que será adquirido com auxílio do investidor Delcir Sonda.

O zagueiro Henrique e o volante Nilton são outros nomes que conversaram com os dirigentes e podem fazer parte do 'pacotão' de anúncios do Colorado, tão logo o ano de 2015 chegue. Mas com ambos ainda restam detalhes para serem ultimados.

Henrique depende de um acordo entre Napoli e Inter – as conversas entre o jogador e o Colorado não ocorrem há mais de uma semana. Nilton também aguarda um acerto entre os dirigentes gaúchos e o Cruzeiro, que recusou a primeira oferta enviada até Belo Horizonte.

De todos os reforços pretendidos, o centroavante é o mais incerto. Com Wellington Paulista colocado à venda para dar mais fôlego financeiro, o Inter segue sua busca por um camisa 9 de peso. Nesta procura, sondou Paolo Guerrero, do Corinthians, Fred, do Fluminense e Luis Fabiano, do São Paulo. Lucas Barrios, do Spartak Moscou e emprestado ao Montpellier-FRA, foi especulado como alvo, mas não é unanimidade e está fora dos planos, até segunda ordem.

O Internacional estreia na temporada em 1º de fevereiro, contra o Lajeadense, fora de casa, pelo Gauchão. Antes, o time vai encarar o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em um amistoso no Beira-Rio. A partida deve ocorrer entre os dias 21 e 24 de janeiro. Na Libertadores, o time agora sob comando de Diego Aguirre está no grupo 4, com Universidad de Chile, Emelec e o vencedor do confronto entre Monarcas Morelia-MEX e The Strongest-BOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 2 =