Pai de M. Moreno aprova volta ao Grêmio, mas corneta falta de reforços

postado em: Notícias | 0

O retorno de Marcelo Moreno ao Grêmio tem o aval do pai do jogador, Mauro Martins, mas com uma ressalva. O familiar, que já obrigou o centroavante a pedir desculpas públicas por suas declarações polêmicas, afirmou que o time gaúcho precisa de reforços para receber de volta o atacante campeão brasileiro com o Cruzeiro. Mas é justamente isto, contratar reforços, que o tricolor não deve fazer.

"Eles sabem que precisam contratar jogadores, não foram bem no campeonato passado. Mas isso não depende do Marcelo, do pai do Marcelo. O Grêmio precisa fazer muitas contratações para não ter problemas como teve nos últimos anos", disse Martins à Rádio Guaíba.

O retorno de Marcelo Moreno vem se desenhando há semanas. O capítulo mais recente da novela teve Barcos como protagonista. O camisa 9 viu com bons olhos a formação de uma dupla de ataque com o boliviano.

"Não quero que o Marcelo fique parado, está no auge e se ficar parado voltará para trás. Não pode haver, não pode ocorrer este erro. Tem que seguir treinando, jogando e obter sequência. Não sei onde o Marcelo vai jogar, mas precisa ter sequência, não pode ficar paradito. O meu medo é que aconteça todas essas coisas outra vez", afirmou o pai do jogador.

Mauro Martins não é o empresário de Marcelo Moreno, mas no primeiro atrito entre o jogador e os dirigentes do Grêmio – que resultou em seu afastamento e posterior negociação com o Flamengo, chegou a se autoproclamar agente do filho.

"Não perguntei para ele o destino, a única coisa que sei é que o passe é do Grêmio. Escutei que havia uma proposta, mas não circulou nada, ficou parado. Na minha opinião, se ele ficar no Grêmio é bom. Se o Grêmio contratar jogadores, claro. O Cruzeiro é melhor, aceito. Mas ambos são clubes de ponta, sempre chegam, sempre estão na Libertadores. E jogador gosta disso, disputar", comentou.

Na primeira semana de dezembro, o Cruzeiro informou oficialmente o Grêmio que não ficará com Marcelo Moreno em 2015. O time gaúcho não recebeu nenhuma oferta até o momento e já admite que voltará a utilizar o jogador a partir de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 16 =