Inter encara altitude e estreia na Libertadores contra o The Strongest

postado em: Notícias | 0
O sonho de ser tricampeão da Libertadores começa nesta terça-feira (17) para o Inter. E não será nada fácil. Logo de cara, o time gaúcho terá pela frente o The Strongest, em La Paz, que fica 3,6 mil metros acima do nível do mar. Encarando os temores da altitude, a equipe comandada pelo uruguaio Diego Aguirre aposta em Anderson e Nilmar para começar com o pé direito, mas não descarta um empate no duelo das 22h30 (horário de Brasília). 
 
O confronto da primeira rodada do grupo 4 é considerado um dos mais complicados. Contra Emelec e Universidad de Chile, que completam a chave, o Inter terá pela frente um adversário em condições naturais. Mas atuar em La Paz torna o jogo mais do que apenas um duelo de 11 contra 11. 
 
O ar rarefeito com a altitude prejudica aqueles que correm. O fôlego tende a faltar. E para driblar esta situação, o Inter irá para a cidade onde ocorrerá a partida apenas horas antes do jogo. A viagem que começou na segunda-feira teve por destino Santa Cruz de La Sierra, apenas 416 metros acima do nível do mar. La Paz irá multiplicar isso. 
 
Segundo o fisiologista Luís Crescente, o tempo que o organismo leva para sentir os efeitos da troca de ambiente é de seis a oito horas, e a ideia do Internacional é permanecer menos tempo do que isso em La Paz. 
 
Não bastasse tal condição, os movimentos da bola se tornam mais rápidos, predijudanco os goleiros. Alisson quer usar o aquecimento como adaptação para evitar o pior. 
 
Em campo, Diego Aguirre admite ansiedade e preparou seu time principalmente para este jogo desde o início do ano. Escolheu Anderson para ser titular no meio-campo. Na zaga, Rever irá esperar no banco de reservas. Ernando e Alan Costa jogam. E Vitinho deixou os 11 iniciais para permanência de Eduardo Sasha. 
 
Pela dificuldade do embate, o empate não é considerado ruim. "É um jogo diferente, com situações que não são normais. Temos que tomar cuidados quando pensarmos no ritmo do jogo. Não temos que ficar pensando na altitude. A vitória seria ótima, mas o empate também é bom", garantiu o técnico Diego Aguirre. 
 
O The Strongest, por sua vez, aposta em jogadores conhecidos no Brasil. Pablo Escobar e Chumacero, destaques do time, já atuaram no país e não conseguiram se firmar. O primeiro rodou pelo Santo André e o América-MG, e o segundo não teve sucesso no Sport. 
 
Na fase preliminar da Libertadores, os bolivianos eliminaram o Monarcas, do México. Após empatarem em 1 a 1 fora de casa, a equipe amarela e preta abusou da altitude e venceu com facilidade por 2 a 0 em La Paz. 
 
FICHA TÉCNICA
THE STRONGEST-BOL X INTERNACIONAL
 
Data e hora: 17/02/2015 (terça-feira), às 22h30min (horário de  Brasília)
Local: estádio Hernando Siles, em La Paz (BOL)
Transmissão na TV: Fox Sports
Árbitro: Adrián Velez (COL)
Auxiliares: Wilmar Navarro e Rafael Rivas (ambos colombianos)
 
THE STRONGEST: Vaca; Wayar, Centurión, Martelli e Torrico; Castro, Chumacero, Cristaldo, Pablo Escobar e Ramallo;  Bernardo Cuesta.
Técnico: Nestor Craviotto
 
INTERNACIONAL: Alisson; Léo, Ernando, Alan Costa e Fabrício; Nilton, Aránguiz, D'Alessandro, Anderson e Sasha; Nilmar.
Técnico: Diego Aguirre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 11 =