Grêmio usa alívio pós-clássico para combater jejum de vitórias em casa

postado em: Notícias | 0

Um Gre-Nal faz muita diferente e dá esperança. A atuação no empate sem gols com o Internacional virou sinônimo de esperança para o Grêmio. E é o escudo do tricolor para as críticas e contestações, um antídoto para o jejum de vitórias dentro da Arena – que já dura três rodadas. No sábado, contra o Caxias, a meta é repetir o que foi feito no Beira-Rio, mas com um avanço. Um capricho maior.

"A gente vem crescendo, apesar dos empates com Juventude e Inter, conseguimos crescer e jogar bem. Ainda falta alguma coisa, claro, e é nessa coisa que estamos trabalhando. Um pouco mais de capricho nos passes, nas finalizações", disse o volante Fellipe Bastos.

Fora de zona de classificação para a segunda fase do Gauchão, em virtude da vitória do Aimoré, o Grêmio entrará pressionado contra o Caxias. Também precisará assumir um papel que não rendeu frutos até agora: propor o jogo e obter êxito.

"É uma situação que está chata. De três jogos sem vencer, com duas derrotas e um empate, algo que nunca tinha acontecido. Vamos trabalhar nessa semana, respeitando o Caxias, que está em uma situação difícil no campeonato. Vai ser um jogo duro", comentou o goleiro Marcelo Grohe.

O detalhe neste plano de repetir o Gre-Nal é que a escalação certamente não será igual. Matías Rodríguez está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Lincoln foi para seleção brasileira sub-17. Braian Rodríguez, egresso do Numancia-ESP, depende do BID para ser relacionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 6 =