Dois dos últimos campeões da América, Atlético e Inter abrem duelo copeiro

postado em: Notícias | 0

Gigantes e campeões recentes da Copa Libertadores, Atlético-MG e Internacional se enfrentam nesta quarta-feira, pelas oitavas de final do torneio, às 22h, no Estádio Independência. De um lado o cascudo time do Atlético, que venceu a edição de 2013 e está cada vez mais acostumado com duelos decisivos. Do outro está o Inter, vencedor da competição em 2010 e que conta com uma equipe com muitos jogadores jovens e talentosos, apesar de ter com um elenco recheado por grandes nomes.

O duelo em 180 minutos começa em Belo Horizonte, algo que o Atlético pretende aproveitar e bem, já que na próxima semana, no dia 13, o jogo da volta vai acontecer em um Beira-Rio lotado. Saber jogar bem diante de seus torcedores é um dos trunfos da equipe alvinegra.

Com os ingressos praticamente esgotados, cerca de 200 ingressos do setor VIP (R$ 500) ainda estão nas bilheterias, o Atlético prepara um time ofensivo e conta com um caldeirão para sufocar o Internacional. Algo que esse time já fez outras vezes no Horto, tanto na Libertadores como nas demais competições.

"Na final da Copa do Brasil jogamos primeiro em casa sabendo da importância do resultado dentro de casa. É tão importante quanto o jogo da volta, na semana que vem. Vai demonstrar o que é necessário na segunda partida. É importante fazer um bom resultado, sem tomar gols, para encaminhar a classificação. O Atlético aprendeu a jogar esse tipo de competição. Espero que mais uma vez consiga se sobressair, agora decidindo fora de casa", comentou o goleiro Victor, um dos pilares da equipe.

Além do camisa 1, o Atlético tem um time repleto de jogadores acostumados com mata-mata. O clube está na Libertadores pelo terceiro ano consecutivo e é o atual campeão da Copa do Brasil. Embora tenha conquistado o torneio continental por duas vezes desde 2006, o Inter ficou ausente nas últimas três edições.

Mas nada que impedisse o time gaúcho de ser o melhor entre os brasileiros na fase de grupos. Algo que o técnico Diego Aguirre conseguiu a partir do momento em que barrou medalhões e lançou vários garotos. A equipe ganhou intensidade e velocidade, vide o grande primeiro tempo do último Gre-Nal, que valeu o título estadual.

"Sabemos que é muito difícil ganhar lá, mas vamos para fazer uma grande partida. Se a gente fizer um gol fora, vira um benefício para nós. Primeiro temos que fazer um grande jogo. O resultado vai vir naturalmente. O Réver falou que a pressão é grande, mas o time está em uma boa fase, em uma sequência boa, é ter tranquilidade e jogar", disse o volante Rodrigo Dourado, que no começo da temporada não era apontado para ser titular do Inter.

"Não existe vantagem desse tipo, pois a partir do momento que o jogador entrar em campo ele vai procurar fazer o melhor, independentemente da idade. Não vejo vantagem nisso, temos de analisar todos os jogadores para não sermos surpreendidos", finalizou Victor.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X INTERNACIONAL

Data: 6 de maio de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Motivo: Oitavas de final da Copa Libertadores
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Assistentes: Wilmar Navarro e Christian de La Cruz (ambos colombianos)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Dátolo e Luan; Carlos e Lucas Pratto.
Técnico: Levir Culpi

INTERNACIONAL: Alisson; William, Ernando (Alan Costa), Juan e Alan Ruschel (Ernando); Rodrigo Dourado, Aránguiz, Sasha, D'Alessandro e Valdívia; Lisandro López.
Técnico: Diego Aguirre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =