Olacyr de Moraes, conhecido como “rei da soja”, morre aos 84 anos

postado em: Notícias | 0

Olacyr de Moraes, conhecido como o "rei da soja" por ter expandido as fronteiras da agricultura em grande escala para o interior do Brasil e se tornado o maior produtor de soja do mundo, morreu nesta terça-feira aos 84 anos.

Moraes morreu em São Paulo após lutar contra um câncer no pâncreas por mais de um ano, segundo informações em sua página no Facebook.

O empresário, que já foi um dos homens mais ricos do mundo, começou vendendo máquinas de costura em São Paulo aos 14 anos e se tornou proprietário de dezenas de negócios, incluindo um banco e uma das maiores construtoras do país.

No fim dos anos 1960 e início da década de 1970, Moraes aceitou o desafio da ditadura militar para ocupar o interior do país, até então intocado.

Ele converteu 600 mil hectares de cerrado no Mato Grosso em lavouras, tornando-se o maior produtor de soja do mundo na década de 1980 e ganhando o título de "rei da soja".

O Mato Grosso é hoje o maior Estado produtor de soja do Brasil, que está apenas atrás dos Estados Unidos na produção do grão. Outros produtores da região disputaram o título de "rei da soja" com ele depois.

Uma crise econômica na década de 1990 levou o magnata a fechar seu banco e renunciar ao sonho de construir a ferrovia Ferro Norte e a outros projetos de infraestrutura para o cinturão produtor de soja no oeste do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 15 =