Grêmio quer vitória para se autoafirmar como candidato a topo do BR

postado em: Notícias | 0

O objetivo de momento no Grêmio é deixar de lado o rótulo de time surpresa para assumir o de candidato a brigar pelo topo no Campeonato Brasileiro.

Depois de vencer bem o Corinthians por 3 a 1 dentro de casa e ter a chance de engatar uma sequência na competição, a equipe deslizou, foi muito mal e perdeu por 2 a 0 contra o São Paulo. No jogo seguinte, respondeu à altura, venceu o então líder Atlético-PR por 2 a 1 e, agora, quer voltar a triunfar diante do Palmeiras para poder encostar de vez na parte de cima da tabela.

Giuliano está fora e Pedro Rocha é dúvida para o jogo que está marcado para 21h deste sábado (20) na Arena Grêmio. Douglas, em compensação, poderá ir para seu segundo jogo sob o comando de Roger. Ele esteve afastado dos três primeiros duelos por causa de dores na coxa.

"É preciso vencer para ter uma afirmação. Não só para o torcedor e para a imprensa, mas para a gente também. A gente vem trabalhando firme e forte e esperamos ter a mesma pegada e raça que mostramos nas últimas vitórias. Contra o São Paulo foi só um deslize que vamos deixar de lado", disse o experiente meio-campo.

Desde que chegou, Roger não perdeu como mandante e sempre quis destacar a sinergia entre torcedor e time. Por isso, repetiu diversas vezes que pretende ver a Arena completamente lotada na 8ª rodada do Brasileirão.

O comandante também bate na tecla que é preciso engatar uma boa sequência. Já contra o Atlético-PR, pegou os microfones para avisar que o triunfo contra o Atlético-PR servia para deixar as dúvidas em cima do Grêmio de lado.

Douglas segue uma linha parecida e mostra que o triunfo diante do Palmeiras é essencial e pode ficar facilitado caso a mesma "batida" que foi vista contra o Corinthians se repita.

"Precisamos buscar a batida que deu certo, a que deu resultado positivo. Contra o São Paulo, tiramos lições que a gente sabe o que dificulta para nós. O espírito contra o Corinthians e contra o Atlético-PR precisa prevalecer. Jogando dentro de casa, precisamos ir para cima", finalizou o meio-campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + seis =