Após tropeço, Grêmio busca superar 2º baque da era Roger

postado em: Notícias | 0

Diante do Maracanã lotado e contra o Flamengo embalado com as presenças de Guerrero e Emerson Sheik, o Grêmio tentará esquecer aquele que foi segundo baque da Era Roger: a derrota para o Criciúma dentro de casa, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Desde a chegada do novo comandante, a equipe vive mais bons momentos do que ruins. Foram 11 partidas, com apenas três derrotas, sete vitórias e outro empate.

O primeiro tropeço que causou turbulência foi a derrota por 2 a 0 para o São Paulo. Nem tanto pelo resultado, em pleno Estádio do Morumbi, mas pela forma como a equipe atuou. Naquela etapa do campeonato, o time viu críticas e desconfiança tomarem conta do ambiente gremista.

Depois disso, o time só subiu, venceu fora de casa e conseguiu resultados expressivos como um 3 a 1 em cima do Santos na Vila Belmiro. A derrota fora de casa para a Chapecoense foi lamentada, mas não tratada com cautela. Agora, após o novo baque, o time tenta reagir e há certa preocupação.

"Não posso analisar as coisas no calor da partida. Tivemos uma derrota em um campeonato que tem uma fórmula diferente. Tomar um gol em casa é ruim, mas tem outro jogo", afirmou Roger.

A surpresa de ter sido derrotado pela equipe de Santa Catarina ainda pode ser revertida no jogo de volta, na casa do adversário, na próxima terça-feira. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 8 =