Mudou tudo: Grêmio fecha ciclo de reforços 65% diferente e ‘mais barato’

postado em: Notícias | 0

Com a chegada de Cristian Rodríguez, o Grêmio fecho o ciclo de contratações para o primeiro semestre de 2015. E a premissa financeira detalhada pelo presidente Romildo Bolzan Júnior foi seguida absolutamente. A folha caiu, o elenco ficou 'mais barato'. Mas ao mesmo tempo, um dos pilares citados repetidamente não foi totalmente verificado nas movimentações gremistas. Explicando sempre que possível que 'possuía uma base' a equipe mudou 65% do grupo. 

Em comparação com o ano passado, em todas as funções houve troca e chegada de novos jogadores. No gol, o novato neste ano é Vitor. Na zaga, Erazo, Gabriel Silva e a volta de Rafael Thyere. Nas laterais mudou quase tudo. Só ficou Matías Rodríguez. Chegaram Galhardo, Raul, Júnior, Marcelo Hermes e Marcelo Oliveira. 
 
No meio-campo as trocas foram também muitas. Araújo, Arthur, Balbino, Cristian Rodríguez, Douglas, Lincoln, Maicon, todos novatos. E no ataque, os retornos de Mamute e Everaldo e as chegas de Pedro Rocha, e Braian Rodríguez mexeram também com a foto do time. 
 
Ao todo foram 21 novos jogadores de um total de 32 atletas [Gabriel consta no site oficial mas não faz parte do elenco pois não tem retorno aos gramados previsto]. Ou seja, o Grêmio alterou 65% dos jogadores em um ano. Se tinha 'uma base', foram apenas 11 jogadores, sendo três goleiros. 
 
Mas o principal alvo foi contemplado. Com as saídas de salários altos como Marcelo Moreno, Barcos, Zé Roberto e Dudu, o clube recuou a folha de pagamentos para perto dos R$ 4,5 milhões como esperava. Ainda empenhou-se em pagar dívidas e já moveu cerca de R$ 30 milhões fazendo isso. Está, agora também, conseguindo resultados de campo e lidera o Gauchão. Ou seja, abastece-se com os frutos positivos de um planejamento feito com antecedência. 
 
Luiz Felipe Scolari segue no comando e definiu como marco para o crescimento o momento em que deixou o banco de reservas antes do fim de um jogo. Foi diante do Veranópolis, há pouco mais de um mês. "Naquele jogo, atitudes foram tomadas. O entendimento total estava faltando. Não só dos jogadores. Mas meu com eles, da direção, meu com a direção. Muita coisa estava faltando. Todas as partes tomaram atitudes e isso fez a mudança", lembrou o treinador gremista. 
 
Os jogadores do Grêmio trabalham na tarde desta terça-feira.O próximo compromisso oficial do clube será diante do Novo Hamburgo, quarta-feira, às 22h (horário de Brasília) no estádio do Vale. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 3 =